fbpx
JORNALISMO, SUSTENTABILIDADE, EMPREENDEDORISMO

PALESTRAS

Guilherme Portanova Palestra

Fui palestrante das duas edições da Campus Party em Brasília. A experiência soma-se aos convites frequentes para tratar sobre comunicação, jornalismo, televisão, mercado de trabalho e desafios impostos pela tecnologia. Fui vencedor do Yunus Social Business, em 2016, com um projeto de transformação social com fazendas urbanas.

TELEJORNALISMO

NEGÓCIOS SOCIAIS

FAZENDAS URBANAS

Passei a falar de jornalismo em 1994, quando entrei na faculdade. Três anos depois, vivia jornalismo todos os dias. Em mais de 22 anos de trabalho, acompanhei mudanças importantes, tendências dadas como certas que não se confirmaram e uma lista de novidades que moldaram o que temos hoje dentro de uma redação. Jornalismo não é matéria reservada em gabinetes, mas o resultado prático do movimento político e econômico de uma sociedade. Estamos nessa, permanentemente avaliando e conversando.

Trabalhei em parceria com a Yunus Negócios Sociais no Distrito Federal. Com ela, consegui conhecer projetos inspiradores, como o Litro de Luz, o Solar Ear e outros. Da parceria, nasceu a ideia do meu livro que você encontra aqui no site: Impacto Social – A moeda da nova economia. Negócios sociais não são filantropia. Como o nome diz, são negócios em que o lucro é sempre voltado para aumentar o impacto do negócio. Eu sei, é difícil acreditar, mas há uma enorme lista de empresa que estão vivendo essa “nova economia”.

Atualmente, trabalho no desenvolvimento da VerdJá – empresa responsável pelo plantio e comercialização de micro-verdes sem agrotóxicos, sem aditivos e com alto valor nutritivo. Estamos produzindo em meio urbano, sem qualquer veneno. As vendas começam em breve. Acredito em um sistema eficiente que ocupa áreas ociosas para levar alimento para todos. Você tem a terra? Use para reflorestar ou extrair renda de plantas nativas da sua região. A salada, a gente produz na cidade mesmo.